Novas datas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 serão de 23 de julho a 8 de agosto de 2021

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020 ocorrerão quase exatamente um ano depois do originalmente planejado, anunciaram o COI e os organizadores locais, e Bach confirmou que os atletas já qualificados irão manter suas vagas.

A nova contagem regressiva para a Tóquio 2020 começou com a confirmação oficial do Comitê Olímpico Internacional e do Comitê Organizador local de que os Jogos Olímpicos ocorrerão de sexta-feira, 23 de julho a domingo, 8 de agosto de 2021.

Os segundos Jogos Olímpicos de Verão do Japão foram originalmente agendados de 24 de julho a 9 de agosto de 2020, antes de serem adiados por causa da pandemia de coronavírus.

"Eu quero agradecer às Federações Internacionais pelo apoio unânime e às associações continentais dos Comitês Olímpicos Nacionais pela grande parceria e apoio no processo de consulta nos últimos dias", disse o presidente do COI, Thomas Bach, em anúncio oficial.

“Eu gostaria ainda de agradecer à Comissão de Atletas do COI, com quem nós mantemos contato constante. Com este anúncio, estou confiante de que, trabalhando ao lado do Comitê Organizador de Tóquio 2020, o Governo Metropolitano de Tóquio, o Governo Japonês e todos as partes interessadas, iremos superar esse desafio sem precedentes.”

“A humanidade atualmente se encontra em um túnel escuro. Esses Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 podem ser uma luz no fim deste túnel." - Thomas Bach

Paralimpíadas começam em 24 de agosto de 2021

Novas datas para os Jogos Paralímpicos também foram confirmadas pelo Presidente do Comitê Organizador de Tóquio 2020, Mori Yoshirō.

Os Jogos agora acontecerão de 24 de agosto a 5 de setembro de 2021.

O presidente do Comitê Paralímico Internacional, Andrew Parsons, afirmou em comunicado: "As novas datas trazem certeza aos atletas, garantias às partes interessadas e um acontecimento para o mundo aguardar ansiosamente".

Presidente do Comitê Organizador de Tóquio 2020:

"Eu propus que os Jogos acontecessem entre julho e agosto de 2021, e eu realmente aprecio o fato de o Presidente Bach, depois de ter discutido essa proposta com as várias federações esportivas internacionais e outras organizações relacionadas, ter gentilmente aceitado minha proposta", disse o presidente do Comitê Organizador local, Mori Yoshiro.

"É preciso um período de tempo para a seleção e qualificação dos atletas, seu treinamento e preparação, e o consenso foi de que seria preferível que os Jogos acontecessem durante as férias de verão no Japão". - Mori

"Em termos de transporte, organização de voluntários e ingressos para aqueles no Japão e no exterior, além de manejar a situação do COVID-19, achamos que seria melhor reprogramar os Jogos para um ano depois do planejado, no verão de 2021.

"Não obstante o adiamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos pela primeira vez na história e várias outras questões que já foram destacadas, a programação do evento será o ponto de partida para os futuros preparativos, e estou convencido que tomar essa decisão rapidamente ajudará a acelerar preparativos futuros ", revelou o o ex-primeiro ministro japonês.

"Gostaria de agradecer a todas as partes interessadas, incluindo a cidade anfitriã Tóquio e o Governo do Japão, pelo trabalho duro durante este período curto. O Comitê Organizador de Tóquio 2020 continuará trabalhando arduamente pelo sucesso dos Jogos do ano que vem", Mori acrescentou.

Qualificação e eventos de teste

Na semana passada, o Presidente Bach revelou que a Comissão Coordenadora do COI e os organizadores da Tóquio 2020 formaram uma força-tarefa chamada “Lá vamos nós”, cujo trabalho é resolver qualquer problema provocado pelo adiamento, incluindo os relacionados a patrocínio, acomodação e qualificação.

Sobre o último ponto, foi decidido que os atletas que já se qualificaram para as Olimpíadas de Tóquio 2020 irão manter suas vagas.

"Está claro que esses atletas que se qualificaram para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 permanecerão qualificados. Isso é uma conseqüência do fato de que esses Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, em acordo com o Japão, continuarão sendo os Jogos da XXXII Olimpíada", disse o presidente do COI, Thomas Bach, em um comunicado oficial.

Um novo cronograma de eventos de teste para Tóquio 2020 também foi acordado pelo Comitê Organizador de Tóquio em sua reunião anterior, cujos detalhes podem ser encontrados aqui.

Gostou dessa história? Compartilhe com seus amigos!