Programação da Tóquio 2020: Destaques e guia diário do Olympic Channel

O cronograma dos Jogos Olímpicos da Tóquio 2020 está definido e é hora de começar a se entusiasmar. Aqui estão as nossas imperdíveis escolhas de cada dia.

Quando serão realizadas as Olimpíadas no Japão?

Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 vão ser realizados na sexta-feira, 24 de Julho, até o domingo, 9 de Agosto.

E os organizadores das XXXII Olimpíadas divulgaram um calendário detalhado.

Com 33 esportes e 339 eventos em 17 dias, o evento esportivo mais assistido do planeta está maior e melhor do que nunca.

A animação aumenta e o relógio avança, confira um panorama diário dos eventos que você simplesmente não pode perder.

*Todos os horários no Horário Padrão do Japão (JST)

Sexta-feira, 24 de Julho: Cerimônia de abertura da Tóquio 2020

Que comecem os Jogos! Depois dos espetaculares shows da Rio 2016 e PyeongChang 2018, será que a Cerimônia de Abertura da Tóquio 2020 vai superar as expectativas?

Vamos descobrir no dia 24 de julho.

Cerimônia de Abertura da Tóquio 2020 Data e Hora:

Quando: Sexta-feira, 24 de Julho 20:00 - 23:00

Local: Estádio Olímpico, em Tóquio

Toda ação Olímpica vai iniciar dois dias antes da Cerimônia de Abertura, no dia 22 de julho, com o softball e o futebol feminino dando o pontapé inicial, depois o remo e o tiro com arco serão realizados na sexta-feira 24, dia da Cerimônia de Abertura e a primeira medalha de ouro será entregue no dia 1 - 25 de julho.

"Renascimento" será foco das cerimônias da Tóquio 2020

Tóquio 2020 Dia 1 - Sábado 25 de Julho: os primeiros ouro dos Jogos

A Pistola de ar de 10m feminina no esporte do tiro tem a honra de receber a primeira das 11 medalhas de ouro no primeiro dia completo de toda ação.

Outras serão atribuídas aos melhores atletas do mundo no tiro com arco, ciclismo de estrada, esgrima, judô, taekwondo e levantamento de peso.)

Fique atento aos melhores judocas do planeta e aos levantadores Olímpicos, já que o Dia 1 apresenta 21 esportes diferentes com competições a caminho, com vôlei de praia, vôlei, hipismo, tênis de mesa, badminton, ginástica artística, natação, pólo aquático, basquete 3x3, boxe, handebol, hóquei e tênis.

Não perca a prova masculina de ciclismo de estrada no Dia 1, que vai de Tóquio ao Monte Fuji, dando ao Japão uma mistura única de um palco para brilhar, do moderno ao eterno.

O nosso anfitrião prometeu os "Jogos mais futuristas da história" e se você precisar de ajuda em Tóquio, você pode sempre pedir a um robô:

Tóquio 2020 revela robôs para ajudar visitantes durante os Jogos

Tóquio 2020 revela robôs para ajudar visitantes durante os Jogos

Tóquio 2020 - Dia 2 - Domingo 26 de Julho: O momento de ouro do skate

Os "Super Sábados" aparecem nas manchetes após o lançamento da programação detalhada em abril de 2019, mas o dia 26 de julho também tem a marca de um "Super Domingo".

Existem dois tipos de skate que vão ser apresentados nos Jogos Olímpicos: o street e o park.

Primeiramente, no Dia 2, as primeiras medalhas Olímpicas de skate vão ser entregues aos melhores skatistas do street masculino.

Pessoas como Nyjah Huston, dos EUA, e Leticia Bufoni, do Brasil, querem escrever seus nomes na história para se tornarem os primeiros medalhistas Olímpicos de ouro no skate.

Huston é oito vezes campeão do street do X Games e no vídeo ‘Til Death é possível assistir uma incrível demonstração do seu talento.

Ele faz parte da equipe de skate dos EUA que está lotada de skatistas fortes como Louie Lopez, Jagger Eaton e Chris Joslin.

O campeonato feminino será seguido no Dia 3.

Leticia Bufoni é uma atleta de primeira linha e uma fanática por fitness. Ela também é uma das melhores skatistas street do mundo.

Ela é a vice-campeã da Liga de Street Skate de 2018 (SLS) e três vezes medalhista de ouro nos X Games.

A brasileira não é desconhecida por levar o skate feminino ao limite absoluto.

O seu desejo de dominação é resumido pela sua performance monstra no SLS Super Crown de 2016. (Cuidado: não é para quem tem coração fraco).

Se você quer ver alguns dos melhores skatistas do mundo enfrentarem escadas, corrimãos, calçadas, bancos, paredes e ladeiras, para levar as primeiras medalhas Olímpicas em jogo - então marque já no seu calendário.

Street Skate Masculino nas Olimpíadas Data e Hora:

Quando: Domingo 26 de Julho 9:00 - 13:55

Local: Parque Esportivo Urbano Ariake

Judô: Será que Maglinda Kelmendi pode segurar sua coroa?

Um dos momentos mais poderosos e emocionantes da Rio 2016 veio quando Majlinda Kelmendi ganhou a primeira medalha de ouro do Kosovo e inspirou uma revolução no judô em seu país.

Será que ela vai fazer a dobradinha na Tóquio 2020 na categoria -52kg?

Vamos descobrir no Dia 2, domingo, 26 de julho, com a classificação e as quartas de final das sessões da manhã e a final à noite.

Judô -52kg Data e Hora:

Quando: Domingo, 26 de Julho 10:30 - 14:30 (Manhã) / 17:00 - 19:40 (Noite)

Local: Nippon Budokan

Natação: Chase Kalisz nos 400m de Medley Individual, Adam Peaty nos 100m de peito

Domingo também se destaca pela disputa dos 400 de Medley Individual com Kosuke Hagino defendendo o seu título diante de seus fãs em casa.

Hagino conquistou três medalhas na Rio 2016, sendo as outras de prata atrás de Michael Phelps nos 200m medley, e bronze no 4x200m de revezamento livre.

Ele também levou para casa um bronze na Londres 2012.

Mas o jovem de 24 anos vem lutando pela forma e foco desde 2017 e recentemente se retirou da seleção japonesa em março de 2019.

"Não consegui alcançar os resultados esperados desde a temporada de 2017. Conforme aumenta a distância entre as minhas metas e a realidade fica mais difícil manter motivação."- Kosuke Hagino

Chase Kalisz tirou proveito do declínio de Hagino com o norte-americano conhecido agora como "o melhor nadador de todo o mundo" depois de varrer medalhas de 200m e 400m nos Campeonato Mundial de 2017 e no Campeonato Pan-Pacífico de 2018.

Kalisz poderia perder os 400 de Medley Individual, ou ainda, será que Hagino poderia redescobrir o seu talento em frente a uma multidão em casa?

Final de 400m Medley Individual Natação Masculina Data e Hora:

Quando: Domingo 26 de Julho 10:30 - 12:30

Local: Centro Aquático de Tóquio

Em uma pausa da tradição para tentar vencer o calor de Tóquio, as finais em muitos esportes vão acontecer durante as sessões da manhã.

Natação é um desses esportes, então fiquem atentos aos heats durante a noite, e as finais, correspondentes, serão na manhã seguinte.

Adam Peaty no 100m de peito: A grande esperança da Grã-Bretanha

Na Rio 2016 Adam Peaty quebrou o recorde mundial dos 100m de peito em um heat classificatório, depois quebrou novamente na final para levar o ouro por uma enorme vantagem.

Depois de vencer este evento no Campeonato Mundial de 2017 e nos Jogos da Comunidade Britânica de 2018, a Grã-Bretanha ficará sem fôlego quando Peaty subir para o bloco inicial.

Ele parece único, mas já sabemos, tudo pode acontecer nas Olimpíadas!

Final dos 100m de Natação Masculina de Peito Data e Hora:

Quando: Domingo 26 de Julho 10:30 - 12:30

Local: Centro Aquático de Tóquio

Tóquio 2020 - Dia 3 - Segunda-feira 27 de Julho: Katie Ledecky domina a piscina?

Tem muita emoção no menu para segunda-feira, incluindo a final da equipe de ginástica artística masculina, o triatlo masculino e a partida mista de tênis de mesa com dupla medalha de ouro.

O show de Katie Ledecky

Katie Ledecky é a rainha indiscutível da natação de média e longa distância e ela vai participar no terceiro dia dos Jogos Olímpicos de 2020.

A norte-americana saltou para a fama aos 15 anos de idade com ouro nos 800m na Londres 2012.

Na Rio 2016, ela levou os Estados Unidos à prata no revezamento livre de 4x100m, antes de ganhar o ouro nos 400 de revezamento livre, nos 200 livre, nos 4x200m livre, e novamente nos 800m livres.

E Ledecky tem um ouro extra para buscar na Tóquio 2020 já que os 1500m de estilo livre - na manhã de quarta-feira 29 de Julho - em que ela é a recordista mundial e tricampeã mundial - adicionado ao programa.

Na sua mira está o recorde da colega norte-americana Jenny Thompson, este é um recorde para uma mulher na piscina, com oito ouros e um total de 12 medalhas.

E os nove títulos de Larisa Latynina, o máximo alcançado por qualquer mulher na história Olímpica, está definitivamente ao seu alcance.

Somente Michael Phelps (23) tem mais medalhas de ouro do que Latynina com o original "Flying Finn" Paavo Nurmi e os norte-americanos Mark Spitz e Carl Lewis, outros atletas com nove.

Final Feminina dos 400m Estilo Livre de Natação Data e Hora:

Quando: Segunda-feira 27 de Julho 10:30 - 12:30

Local: Centro Aquático de Tóquio

Primeira medalha de ouro no tênis de mesa: A dinastia chinesa está pronta para continuar?

A China ganhou cada ouro no tênis de mesa oferecido nos três últimos Jogos Olímpicos.

É um recorde notável e um que a equipe está treinando duro para estender.

Como é que eles fazem isso?

O seu maior obstáculo pode estar nos anfitriões em Tóquio.

Confira a partida das duplas mistas pela medalha de ouro na segunda-feira.

Final Tênis de Mesa Duplas Mistas Data e Hora

Quando: Segunda-feira 27 de Julho 20:00 - 22:10

Local: Ginásio Metropolitano de Tóquio

Tóquio 2020 - Dia 4 - Terça-feira 28 de Julho: Ouro no Softball em jogo

Beisebol e o softball retornam aos Jogos Olímpicos em Tóquio depois de Pequim 2008.

A nação anfitriã vai estar entre as favoritas nos dois e pode se inspirar na última final do softball.

Os Estados Unidos tinham conquistado as três medalhas de ouro anteriores, começando com a primeira em Atlanta 1996, e levaram uma série de 22 vitórias em jogos na final de 2008.

Mas Yukiko Ueno desistiu de apenas uma disputa, já que o Japão derrotou os favoritos por 3 a 1 e conquistou o primeiro ouro.

Foi uma conquista incrível de Ueno que lançou três games completos e totalizou 28 vitórias no espaço de dois dias, incluindo a partida da medalha de ouro.

Será que a próxima geração do Japão vai conseguir chegar ao topo?

Final Softball

Quando: Terça-feira 27 de Julho 20:00 - 22:30

Local: Estádio de Beisebol de Yokohama

Não é só rivalidade e hostilidade entre as equipes de softball do Japão e dos EUA, Monica Abbott joga na liga nacional do Japão há oito anos.

Sua compreensão e experiência do cenário próspero do softball japonês é um verdadeiro abridor de olhos. Veja sua história abaixo:

Hipismo Adestramento: Isabell Werth e os Jogos - Uma história de amor Olímpica

O Dia 4 também vai contar com medalhas para o hipismo adestramento e todos os olhos estarão voltados a Isabell Werth e Bella Rose.

A atleta alemã é recordista da maioria das medalhas Olímpicas conquistadas por um atleta eqüestre, com seis ouros e quatro pratas, conquistando ouro individual e prata por equipe no Rio.

Werth também levou [duplo ouro nos Jogos Equestres Mundiais de Setembro de 2018](ouro duplo nos Jogos Equestres Mundiais de Setembro de 2018) em Tryon, na Carolina do Norte, chorando lágrimas de alegria depois que sua égua, Bella Rose voltou à ação após quatro anos com uma lesão.

Werth completará 51anos na Tóquio 2020, mas não mostra nenhum declínio no desejo e não precisa buscar longe a motivação extra:

Mais duas medalhas para Werth na Tóquio, e ela estaria como a canoísta Birgit Fischer como a atleta Olímpica mais condecorada do seu país.

Fique de olho no evento em equipe na terça-feira 28 e na competição individual no dia seguinte.

Grande Prêmio de Equipe de Hipismo Adestramento Data e Hora:

Quando: Terça-feira 28 de Julho 17:30 - 22:40

Onde: Parque Equestre

Tóquio 2020 - Dia 5 - Quarta-feira 29 de Julho: Surfe

A estréia Olímpica do Surfe conta com os melhores atletas do mundo para pegarem as ondas da praia de Tsurigasaki e com medalhas Olímpicas em jogo pela primeira vez.

A classificação é enorme, com 40 atletas (20 homens e 20 mulheres) chegando aos Jogos e um máximo de quatro (dois de cada sexo) de cada país.

A competição vai acontecer em quatro dias, o que permite que as ondas apareçam, com os dois primeiros surfistas em cada heat (de três ou quatro atletas) a passar para a próxima fase.

John John Florence pronto para provar aos céticos que ele está recuperado

John John Florence pronto para provar aos céticos que ele está recuperado

Aqueles que não chegarem aos dois primeiros competem em uma fase de repescagem para decidir quem passa para os últimos rounds e, eventualmente, quem decide a medalha um a um.

Final Feminina e Masculina de Surfe Data e Hora

Quando: Quarta-feira 29 de Julho

Onde: Praia de Surfe de Tsurigasaki

Veja como o surfe voltou a Fukushima, o local do Tsunami e do desastre nuclear em 2011:

Basquete 3x3

O surfe não é o único esporte onde o ouro Olímpico será premiado pela primeira vez na quarta-feira.

O último dos cinco dias de ação espetacular do Basquete 3x3 traz medalhas para as competições masculinas e femininas.

Final de Basquete 3x3 Feminino e Masculino Data e Hora

Quando: Quarta-feira 29 de Julho

Onde: Parque Desportivo Urbano do Aomi

Você quer o 3x3 em Tóquio? Revise os melhores momentos do YOG 2018

Você quer o 3x3 em Tóquio? Revise os melhores momentos do YOG 2018

Tóquio 2020 - Dia 6 - Quinta-feira 30 de Julho: Simone Biles e Caeleb Dressel

Michael Phelps alcançou a imortalidade Olímpica ao ganhar 27 medalhas - 23 de ouro - para se tornar o Olímpico mais condecorado de todos os tempos.

Com a competição mais profunda do que nunca, os seus recordes parecem cada vez mais difíceis de serem igualados.

Mas o compatriota norte-americano Caeleb Dressel vai fazer o seu melhor para se aproximar.

Dressel terá 23 anos na Tóquio 2020 e já tem duas medalhas de ouro no revezamento da Rio 2016, incluindo os 4x100m estilo livre junto com Phelps.

Replay do Rio: Final do Revezamento 4x100m Livre Masculino

Replay do Rio: Final do Revezamento 4x100m Livre Masculino

No Campeonato Mundial de 2017, ele igualou o recorde de sete ouros de Phelps com seis dos que participaram em eventos Olímpicos, incluindo o novo 4x100m de revezamento medley misto.

E ele é o favorito para adicionar o ouro Olímpico ao seu título mundial no evento da faixa azul, os 100m livre.

Caeleb Dressel celebra o ouro nos 100m estilo livre no Campeonato Mundial Aquático de Budapeste em 2017
Caeleb Dressel celebra o ouro nos 100m estilo livre no Campeonato Mundial Aquático de Budapeste em 2017Caeleb Dressel celebra o ouro nos 100m estilo livre no Campeonato Mundial Aquático de Budapeste em 2017

Final 100m de Natação Masculina Estilo Livre Data e Hora

Quando: Quinta-feira 30 de Julho 10:30 - 12:30

Onde: Centro Aquático de Tóquio

Melhor dos melhores: Simone Biles na final da competição na quinta-feira, 30 de Julho

Na Rio 2016, Simone Biles e igualou o recorde de ouro de uma ginasta artística feminina nos Jogos Olímpicos com quatro ouros e um bronze.

Mas será que ela vai conseguir fazer ainda melhor na Tóquio 2020?

Depois de tirar cerca de 18 meses de férias, a norte-americana voltou melhor do que nunca e até desafiou uma pedra no rim para ganhar medalhas nos seis eventos - quatro ouros, uma prata e um bronze - no Campeonato Mundial de 2018, em Doha.

O recorde de títulos Olímpicos de ginástica, e o maior de todas as atletas Olímpicas, é de nove, de Larysa Latynina, que representou a União Soviética em 1956, 1960 e 1964.

Biles poderia igualar esse recorde com cinco ouros em Tóquio, número ao seu alcance, já que em Doha ela conquistou a prata nas barras irregulares e o bronze na barra de equilíbrio.

Nenhuma ginasta ganhou cinco títulos Olímpicos em um único jogo, mas a jovem de 21 anos pode ser a primeira a conseguir.

E talvez até pudesse igualar os seis ouros de Vitaly Scherbo's em Barcelona 1992.

Mais três medalhas de qualquer cor na Tóquio, fariam com que Biles passasse a marca de sete de Shannon Miller e se tornasse a ginasta Olímpica mais condecorada de todos os tempos dos EUA.

Final de Ginástica Artística Individual Feminina All-Around Data e Hora

Quando: Quinta-feira 30 de Julho 19:50 - 22:00

Onde: Centro de Ginástica Ariake

Final feminina individual de tênis de mesa

A defensora campeã feminina Ding Ning já acumulou três medalhas de ouro e uma de prata nos Jogos Olímpicos.

A craque chinesa terá 30 anos em Tóquio e pretende alcançar um recorde de cinco títulos Olímpicos.

Tudo o que ela tem a fazer é repetir a sua dupla de ouro no Rio.

Parece simples, certo?

Final Feminina Individual de Tênis de Mesa Data e Hora

Quando: Quinta-feira 30 de Julho 20:00 - 22:10

Local: Ginásio Metropolitano de Tóquio

O Olympic Channel recebeu uma ação exclusiva de um dos principais torneios de tênis de mesa da China para ver se poderíamos descobrir o segredo chinês para o sucesso.

Como se saíram os melhores jogadores sob pressão na competição Marvellous 12? A qualificação Olímpica estava em jogo...

Tóquio 2020 - Dia 7 - Sexta-feira 31 de Julho: Mo Farah, Teddy Riner, G.O.A.T.?

Sexta-feira de manhã começa com a natação e os 100m de estilo livre feminino, onde há duas vencedoras defensoras do título.

Lembra quando a canadense Penny Oleksiak e a norte- americana Simone Manuel tocaram a parede exatamente na mesma hora na Rio 2016?

Elas bateram simultaneamente o recorde Olímpico em um tempo de 52,70 segundos.

Manuel e Oleksiak compartilham ouro em uma noite histórica

Manuel e Oleksiak compartilham ouro em uma noite histórica

Veja o que acontece em uma das corridas mais imprevisíveis do calendário Olímpico de natação.

Final Feminina de Natação 100m Estilo Livre Data e Hora

Quando: Sexta-feira 31 de Julho 10:30 - 12:30

Local: Centro Aquático de Tóquio

A trilogia de 10.000m de Mo Farah

Mo Farah é um herói britânico.

Isso não é uma surpresa, já que é o atleta de pista mais condecorado dos tempos modernos, e é o bicampeão Olímpico dos 5000m e 10.000m.

A estrela nascida na Somália deixou a pista após o Campeonato Mundial de 2017 para prosseguir com as suas ambições na maratona.

Mas ele admitiu em novembro de 2018 que foi levado a defender a sua coroa dos 10.000m de volta à pista.

“Sim, existe uma chance... A nossa carreira é tão curta... Eu quero acumular o máximo de medalhas que puder e fazer isso pelo meu país." - Mo Farah em 2018

Se ele completasse um hat-trick de títulos dos 10.000m, isso certamente consolidaria sua reputação como o maior corredor de longa distância da história moderna.

Final Atletismo Masculino de 10.000m Data e Hora

Quando: Sexta-feira 31 de Julho 19:00 - 21:10

Local: Estádio Olímpico

Mestre de Judô, peso pesado, Teddy Riner

A última vez que Teddy Riner perdeu uma partida de judô foi no dia 13 de setembro de 2010.

O craque francês dos +100kg parecia imbatível desde então, somando dois ouros Olímpicos ao seu bronze de Pequim 2008 e conquistando um recorde de 10 títulos mundiais.

Mais um ouro para o francês Riner na categoria acima de 100kg do judô

Mais um ouro para o francês Riner na categoria acima de 100kg do judô

Riner terá 31 anos no Tokyo 2020 e ainda tem anos à sua frente no esporte.

Ele até diz que gostaria de estar em Paris 2024 na cidade onde foi criado, depois de ter nascido em Guadalupe.

O "Big Ted" ainda não fez o seu "retorno" desde que ganhou o Open Mundial de Judô de 2017, em Marrakech, no Marrocos.

Mas ele continua sendo um dos favoritos para a Tóquio 2020, onde a vitória o igualaria a Tadahiro Nomura em um recorde de três ouros, e se tornaria o judoca de maior sucesso na história Olímpica, graças a esse bronze de Pequim.

Aqui está outra data importante para o calendário, com a classificação e as quartas de final na sessão da manhã e a final à noite:

Final Judô +100kg Data e Hora

Quando: Sexta-feira 31 de Julho 17:00 - 19:40

Local: Nippon Budokan

Final de Tênis de Mesa Individual Masculino: Ma Long poderá promover o seu legado?

Ma Long levou o ouro individual na Rio 2016 e se tornou o quinto jogador a completar uma carreira no Grand Slam, que inclui os Jogos Olímpicos, o Campeonato Mundial e a Copa do Mundo.

Ele também levou o ouro de sua segunda equipe a três, um dos recordes conquistados conjuntamente por Wang Nan, Deng Yaping e Zhang Yining.

Ma é o melhor jogador de sua geração, com o ouro do Rio de Janeiro chegando durante seus 34 meses consecutivos ao topo do ranking mundial.

O companheiro de equipe Zhang Jike, que jogou contra Ma na final da Rio 2016, também tem três ouros Olímpicos

E com a China sendo a grande favorita ao título por equipe, quem ganhar o título individual pode fazer história.

Zhang pode sentir que tem uma chance, já que Ma está se recuperando de uma longa lesão no joelho, que foi muito mais grave do que se pensava originalmente.

Ele foi visto mancando no famoso torneio Marvellous 12 da China em abril de 2019, mas Ma pretende marcar seu encontro com a história na Tóquio 2020.

Tóquio 2020 - Dia 8 - Sábado 1 de Agosto: "Super Sábado" Episódio 1

Nada menos do que 21 medalhas de ouro estão prontas para serem conquistadas no sábado.

Uma das primeiras será entregue nos 100m de natação borboleta masculina.

Joseph Schooling surpreendeu o mundo ao vencer Michael Phelps na final da Rio 2016 e dar a Cingapura sua primeira medalha de ouro.

Parece que Schooling vai ter que enfrentar outro gigante norte-americano, com Caeleb Dressel na Tóquio 2020, caso ele queira escrever outro capítulo no seu conto de fadas.

E ele só poderia levar o bronze no Mundial de 2017 em Budapeste com Dressel ganhando o ouro do italiano Piero Codia.

Schooling claramente tem muito trabalho pela frente, mas, dada a sua vitória no Rio, isto pode ser uma corrida para ser saboreada.

Final 100m Natação Masculino Borboleta Data e Hora

Quando: Sábado 1 Agosto 10:30 - 12:30

Local: Centro Aquático de Tóquio

Atletismo: Final Feminina dos 100m

É um dos eventos Olímpicos que o mundo pára para assistir com a marca da "mulher mais rápida viva" para ser agarrada.

A jamaicana do sprint, que dominou na Rio 2016, Elaine Thompson levou o ouro, e Shelly Ann-Pryce, vencedora da Londres 2012, ficou com o bronze.

Tori Bowie teve que se contentar com a prata entre as duas jamaicanas, mas ela conseguiu levar a equipe dos EUA ao ouro no revezamento 4x100m.

Bowie se tornou campeã do mundo em 2017, a velocista da Costa do Marfim, Marie-Josee Ta Lou, e a britânica Dina Asher-Smith , também são fortes candidatas a medalhas

Fique atento também à futura estrela da Jamaica Briana Williams ela pode impressionar nos 100m.

Ela só vai ter 18 anos nos Jogos, mas já tem grandes ambições.

“Quero ser tão boa quanto Usain Bolt e ser a maior atleta feminina..." - Briana Williams

Será que a Jamaica vai ganhar novamente ou Tóquio estaria preparada para o momento de Tori Bowie?

Final Atletismo Feminino 100m Data e Hora

Quando: Sábado 1 August 19:00 - 21:10

Local: Estádio Olímpico

Tóquio 2020 - Dia 9 - Domingo 2 de Agosto: Quem vai usar a coroa de Usain Bolt?

O grande homem foi embora e todos nós temos que aceitar isso.

Depois de três ouros consecutivos a 100m e 200m, Usain Bolt deixou um buraco gigante no mundo da pista de atletismo.

"Ele é imortal agora!" - Reviva o triunfo de Usain Bolt no Rio

Mas a sua aposentadoria anuncia uma nova era e os concorrentes estão nas suas marcas.

A final da sessão da noite de domingo, 2 de agosto, permitirá a conquista de um novo campeão dos 100m, pela primeira vez desde Atenas 2004.

Os velocistas norte-americanos Christian Coleman e Noah Lyles são considerados pela maioria dos espectadores como participantes de uma corrida de duas pessoas apenas para o grande título.

Coleman, medalha de prata atrás de Justin Gatlin, no Mundial de 2017, venceu a Liga dos Diamantes de Bruxelas em Agosto de 2018, com os 100m mais rápidos dos últimos três anos.

Mas Lyles venceu o Campeonato da USATF com 9,88 segundos, se tornando o mais jovem campeão nacional norte-americano dos 100m em 34 anos.

Lyles faz 23 anos de idade, dias antes da final, enquanto Coleman terá 24.

Esta pode ser uma rivalidade que dura uma geração.

Final Masculina 100m de Atletismo Data e Hora

Quando: Domingo 2 Agosto 19:00 - 21:55

Local: Estádio Olímpico

Golfe na Tóquio 2020: Tigre à espreita?

Domingo 2 de Agosto é também o dia D para os maiores nomes do golfe.

O jogo do stroke individual masculino termina após quatro dias (a partir de quinta-feira 30 de Julho).

Michael Jordan chamou a vitória de Tiger Woods de "o maior retorno que eu já vi" em abril de 2019, mas será que Tiger terá a mesma performance nas Olimpíadas?

O defensor britânico Justin Rose pode ter algo a dizer sobre isso.

Lembra como ele deu aos Jogos Olímpicos o primeiro buraco noRio?

Final Masculina de Golfe Data e Hora

Quando: Domingo 2 Agosto 7:30 - 16:00

Local: Kasumigaseki Country Club

Final de badminton feminino - Carolina Marin para dobrar o delírio espanhol?

No domingo, você vai precisar de vários monitores.

Outro evento imperdível que vai acontecer no dia 2 de Agosto é a partida pela medalha de ouro no badminton feminino.

Na Rio 2016 Carolina Marin escreveu um novo conto de fadas espanhol ao vencer a querida P.V. Sindhu da Índia, e conquistar a primeira medalha de ouro do seu país na modalidade.

Marin derrotou Sindhu e conquistou seu segundo título mundial em Nanjing, na China, em 2018, mas ela teve que se submeter a uma cirurgia nos ligamentos do joelho em janeiro de 2019.

Ela prometeu "estar de volta mais forte", e com o firme foco da espanhola, você teria coragem de duvidar dela?

Marin é uma inspiração para muitos no esporte, e enviou uma mensagem de apoio a rival Sindhu após o confronto final do Campeonato Mundial.

Sindhu e Marin não são as únicas favoritas ao ouro em Tóquio.

Akane Yamaguchi se tornou a número um do mundo em abril de 2018 e levou o bronze no Mundial.

E a companheira de equipe Nozomi Okuhara, campeã mundial de 2017, espera levar mais do que o bronze que conquistou na Rio 2016.

O primeiro ouro do badminton do Japão veio no Rio quando as amigas de escola Misaki Matsutomo e Ayaka Takahashi quebraram o monopólio chinês do evento de duplas feminino, que ganhavam desde Atlanta 1996.

As amigas inspiraram uma geração que poderia trazer mais glória Olímpica em solo nacional.

Final Feminina Individual de Badminton Data e Hora

Quando: Domingo 2 Agosto 20:30 - 23:00

Local: Musashino Forest Sport Plaza

Tóquio 2020 - Dia 10 - Segunda-feira 3 de Agosto: Do tratamento de câncer ao pódio Olímpico?

Quem será o campeão do badminton masculino: Lee Chong Wei, Lin Dan, Viktor Axelsen, Chen Long?

A batalha pelo ouro badminton masculino será igualmente emocionante e você pode assistir ao seu desdobramento na sessão noturna de segunda-feira, 3 de agosto.

Imagine o que significaria para Lee Chong Wei ae as suas legiões de fãs adoradores na Malásia, não apenas ver que ele se recuperou totalmente do câncer, nas que também, finalmente ganhou o ouro na Tóquio após três medalhas de prata consecutivas.

Mas tem muito atleta em busca da vitória e a estrela da China, Lin Dan quer ser o primeiro tricampeão Olímpico individual de badminton.

Lin venceu Lee Chong Wei na final em Pequim 2008, e fez o mesmo em Londres 2012 para manter o seu título.

O malaio teve a sua vingança nas semifinais da Rio 2016 antes de Lin ir para a repescagem com o futuro campeão mundial Viktor Axelsen na disputa pela medalha de bronze.

Apesar de alguns pedirem sua aposentadoria, o grande Lin Dan pode muito bem provar que ainda tem um último truque na manga e terminar sua carreira em alta.

Foi um bronze difícil para Viktor Axelsen no Rio, e ele tem se mantido ocupado desde então.

O dinamarquês conquistou o título mundial de 2017 e desafiou Hugh Jackman, do X-Men, para uma partida de badminton, tendo lutado contra lesões e alergias.

Mas não se enganem, o dinamarquês de 1,94m é um competidor de peso.

Será que Lin Dan vai se curvar em grande estilo? Lee Chong Wei vai fazer uma das maiores reviravoltas da memória Olímpica? Vai ser o momento dourado de Axelsen? Ou será que o campeão da Rio 2016, Chen Long, vai manter seu título?

Final Badminton Individuais Masculino Data e Hora

Quando: Segunda-feira 3 de Agosto 20:00 - 23:00

Local: Musashino Forest Sport Plaza

Ginástica Artística

Fique de olho no ginasta grego Eleftherios Petrounias na segunda-feira, na final dos anéis masculinos.

Sem surpresas, ele ganhou o apelido de "Senhor dos Anéis" na Rio 2016, mas sua história é realmente inspiradora.

Simone Biles também deve entrar em ação na final feminina, onde vai defender seu ouro do Rio.

Final de Ginástica Artística Anéis Masculinos e Solo Feminino Data e Hora

Quando: Segunda-feira 3 de Agosto 20:00 - 23:00

Local: Musashino Forest Sport Plaza

Tóquio 2020 - Dia 11 - Terça-feira 4 de Agosto: Allyson Felix está de volta e as pistas de ciclismo vibram

Jason Kenny e as finais de Sprint da Equipe Masculina

Ele já ganhou seis medalhas de ouro Olímpicas e uma de prata, e Jason Kenny quer mais uma na Tóquio 2020 para se tornar o ciclista de maior sucesso na história Olímpica.

Kenny ficou com a prata atrás do companheiro de equipe Chris Hoy em Pequim 2008, com a dupla unindo forças para o ouro no sprint por equipe.

Ele então conquistou o ouro, duplo, na Londres 2012, antes de manter os dois títulos na Rio 2016, e ganhando o título que Hoy havia conquistado nos dois Jogos anteriores.

Kenny na verdade se aposentou após sua terceira participação Olímpica, mas voltou aos treinos um ano depois dizendo "uma pausa que me deu uma nova vida".

Ele esteve no trio de sprint da seleção britânica no Campeonato Mundial de 2019, na Polônia, perdendo para a Holanda nas quartas de final.

O marido da tetracampeã Olímpica Laura Kenny (nee Trott) terá 32 anos na Tóquio 2020, mas é um especialista na preparação para os Jogos Olímpicos.

Mais uma medalha, de qualquer cor, o levaria a oito medalhas, igualando ao britânico Bradley Wiggins, o mais condecorado dos Jogos Olímpicos.

Kenny e a Grã-Bretanha vão trabalhar na Tóquio, com a França e a Holanda vindo particularmente fortes nesses Jogos.

Final da Equipe Masculina de Ciclismo de Pista Sprint Data e Hora

Quando: Terça-feira 4 de Agosto 20:00 - 23:00

Local: Izu Velodrome

Existe parada para Allyson Felix?

A mulher de maior sucesso na história do atletismo Olímpico está de volta para mais na Tóquio 2020.

Aos 18 anos, Allyson Felix garantiu a prata em Atenas 2004, antes de chegar novamente em segundo lugar em Pequim 2008, onde também levou ouro no revezamento 4x400m.

Foi a terceira vez com sorte na Londres 2012, quando ela finalmente ganhou os 200m, somando ouro nos revezamentos 4x100m e 4x400m.

Replay: Felix garante o ouro nos 200m feminino em Londres

Replay: Felix garante o ouro nos 200m feminino em Londres

E na Rio 2016, ela ganhou os dois revezamentos novamente e levou a prata nos 400m atrás do espetacular mergulho de Shaunae Miller-Uibo sobre a linha de chegada.

Felix deu a luz ao seu primeiro filho em novembro oito semanas prematuro após ter desempenhado um papel fundamental na candidatura de Los Angeles 2024/2028, dizendo que seu bebê foi "de longe minha maior conquista".

"Não me importei se alguma vez voltasse a correr na pista." - Allyson Felix

Mas Félix, que terá 34 anos nos Jogos da Tóquio, quer fazer história com suas nove vitórias, apenas uma atrás do recorde norte-americano de atletismo de Carl Lewis.

E com seis medalhas de ouro já em seu nome, Felix poderia igualar as oito de Usain Bolt.

Preste atenção em Felix nas equipes de revezamento dos EUA, nos 400m, e nos 200m.

Final Feminina de Atletismo 200m Data e Hora

Quando: Terça-feira 4 de Agosto 19:00 - 21:55

Local: Estádio Olímpico

Tóquio 2020 - Dia 12 - Quarta-feira 5 de Agosto: Respire

O dia 12 marca o último dia da vela, a final masculina dos 200m e o início do heptatlo feminino no atletismo, a final masculina de levantamento de peso, a maratona feminina de natação 10k, hipismo saltos, finais de duetos da natação artística.

Nem sequer uma oportunidade de recuperar o fôlego.

Na quarta-feira, o parque de skate feminino terá o seu primeiro campeonato Olímpico.

Confira estes skateboarders Olímpicos que podem iluminar a Tóquio 2020.

Tóquio 2020 - Dia 13 - Quinta-feira 6 de Agosto: primeiras medalhas em karatê e escalada esportiva

Um grande dia para o mergulho feminino com as semifinais da plataforma de 10m na sessão da manhã e as finais à noite.

A maratona de natação masculina de 10m também acontece na quinta-feira de manhã (partida às 7h!), assim como os 110m de obstáculos masculino na pista, por volta das 14h, horário do Japão.

A partida pelo bronze do futebol feminino começa as 17h e a final masculina de hóquei começa as19h.

E dois novos esportes vão ter a sua chance de brilhar.

O karatê volta para casa

A casa do karatê será sede da primeira competição Olímpica em 2020.

O Japão foi a principal nação no Campeonato Mundial de Madrid, em Novembro passado, e muito será esperado dos seus atletas em solo nacional.

Existem seis eventos de kumitê em Tóquio - três para cada gênero em diferentes divisões de peso - com dois adversários participando de uma luta.

Masculino: 67kg, 75kg, +75kg

Feminino: 55kg, 61kg, +61kg

Além disso, existem duas competições de kata - uma por gênero - onde os dois adversários se revezam para realizar uma rotina que consiste em uma série de socos e chutes.

É no kata que o país anfitrião se sentirá particularmente bem com Ryo Kiyuna conquistando seu terceiro título mundial consecutivo em Madri, enquanto Kiyou Shimizu não conseguiu um hat-trick da favorita Sandra Sanchez.

A Rainha do Kata, Sandra Sanchez, enfrenta a luta da sua vida contra Kiyou Shimuzu

A campeã mundial Sandra Sanchez vai enfrentar um teste duro contra a favorita dos japoneses, Kiyou Shimuzu.

Aos 32 anos, Sandra Sanchez estava desempregada na Espanha, vivendo em casa e disse que nunca conseguiria ganhar no karatê.

Aos 38 anos, ela vai competir pelo ouro na Tóquio 2020.

E Shimuzu, duas vezes campeã mundial, está no seu caminho, sabendo que a chance de ganhar o ouro em uma Olimpíada em casa aparece uma vez na vida.

Final do Karatê Feminino Kata Data e Hora

Quando: Quinta-feira 6 de Agosto 17:00 - 21:30

Local: Nippon Budokan

Escalada Esportiva adicionada aos Jogos

A Escalada Esportiva é uma excelente adição à família esportiva Olímpica e suas primeiras medalhas Olímpicas serão entregues no Dia 13 de Tóquio 2020..

Janja Garnbret é uma das favoritas para levar ouro no evento feminino.

Em 2018, a eslovena venceu o Campeonato Mundial em ambos Boulder e Combinado e se tornou a garota-propaganda do esporte.

Janja Garnbret comemora a conquista do título mundial combinado de 2018 em Innsbruck (cortesia de Johann Groder/EXPA Pictures)
Janja Garnbret comemora a conquista do título mundial combinado de 2018 em Innsbruck (cortesia de Johann Groder/EXPA Pictures)Janja Garnbret comemora a conquista do título mundial combinado de 2018 em Innsbruck (cortesia de Johann Groder/EXPA Pictures)

Mas é o evento masculino que vem primeiro na quinta-feira à noite, com o feminino a seguir na sexta-feira.

Jakob Schubert é um forte competidor com o tricampeão mundial austríaco e o dono de 20 medalhas de campeão mundial.

Mas fique de olho no tcheco de Adam Ondra e nas candidatas japonesas Kai Harada e Tomoa Narasaki.

Final de Escalada Esportiva Data e Hora

Quando: Quinta-feira 6 de Agosto 17:30 - 22:20

Local: Parque Esportivo Urbano Aomi

Tóquio 2020 - Dia 14 - Sexta-feira 7 de Agosto: Sexta-Feira Olímpica

Se você tinha algum plano para sexta-feira, provavelmente é melhor cancelar já, porque este dia Olímpico é tudo o que você vai precisar.

As finais femininas e masculinas dos 400m e 4x100m de revezamento são durante a sessão da noite, no final do bloco das 20:00-21:55.

Pela manhã, será decidido o ouro no futebol feminino.

A Alemanha é a campeã, depois de vencer a Suécia por 2 a 1 na Rio 2016.

Medalha de ouro no futebol feminino para a Alemanha

Medalha de ouro no futebol feminino para a Alemanha

Mas muita coisa muda em quatro anos de futebol: os EUA sempre é perigoso e presente, a Grã-Bretanha melhorou muito em sua forma, e a Suécia, finalista em 2016, tem uma chance e vai testar a defesa alemã do seu título.

Será no pontapé inicial da manhã, que é o horário nobre nos EUA, e por isso também um verdadeiro banquete do futebol.

Final Feminina de Futebol Data e Hora

Quando: Sexta-feira 7 Agosto 11:00 - 14:00

Local: Estádio Olímpico

Final do Hóquei Feminino na Tóquio 2020

A Grã-Bretanha fez história no hóquei na Rio 2016 ao conquistar seu primeiro título Olímpico feminino, com Alex Danson terminando o torneio como artilheira.

Ouro para a Grã-Bretanha no hóquei feminino

Ouro para a Grã-Bretanha no hóquei feminino

Mas a Holanda venceu a final da Copa do Mundo de 2018 em Londres com uma vitória por 6 a 0 sobre a Irlanda, finalista surpresa.

A Espanha terminou em terceiro depois de vencer a Austrália por 3 a 1, mas são as holandesas que parecem fortes candidatos para recuperar o título conquistado na Londres 2012.

Final do Hóquei Feminino Data e Hora:

Quando: Sexta-feira, 7 de Agosto, 19:00 - 21:30

Local: Onde: Estádio de Hóquei Oi - Pitch 1

Final de Vôlei de Praia Feminino

A única quatro vezes medalhista Olímpica, no vôlei de praia, Kerri Walsh Jennings, espera por novidades na Tóquio 2020.

A estrela norte-americana de 1,91m, também conhecida como Six Feet of Sunshine, ganhou ouro em Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012 com a parceira Misty May-Treanor.

A aposentadoria de May-Treanor encerrou a maior parceria da história do vôlei de praia feminino, e Walsh-Jennings levou o bronze na Rio 2016 com April Ross.

Walsh terá 41 anos quando a Tóquio chegar, mas ela está de volta para mais com uma nova parceira na Brooke Sweat.

A dupla ficou em terceiro lugar no evento 3* em Sydney, em março, e a veterana está "focada no laser" para fazer mais uma grande aparição sobre o maior palco do esporte.

E elas podem não estarem entre as favoritas ao ouro, com a dupla canadense Heather Bansley e Brandie Wilkerson liderando atualmente o ranking mundial.

Final de Vôlei de Praia Feminino Data e Horário

Quando: Sexta-feira, 7 de Agosto 10:00 - 12:50

Onde: Shiokaze Park

Tóquio 2020 - Dia 15 - Sábado 8 de Agosto: Super Sábado - Parte 2

É o tipo de sábado com que os fãs do esporte sonham:

Finais de basquete masculino, futebol, luta livre de pesos-pesados e vôlei de praia.

Além do auge do pentatlo moderno, golfe feminino, hipismo salto em equipe, pólo aquático feminino e Karatê kumitê.

Também tem a final individual de ginástica rítmica com as irmãs gêmeas idênticas Dina and Arina Averina competindo para vencer a companheira russa Margarita Mamun.

Tem alguma coisa para todos no sábado.

Será que LeBron vai igualar o recorde do Carmelo na Tóquio 2020?

LeBron James quer igualar o recorde de Carmelo Anthony de três ouros e um bronze no basquete Olímpico masculino.

A estrela dos Lakers esteve na seleção norte-americana que foi surpreendida pela Argentina nas semifinais de Atenas 2004, como foi mostrado no filme do Olympic Channel 'The Golden Generation'.

A "normalidade" foi restaurada em Pequim, quando os EUA levaram o ouro antes de manter o título nA Londres 2012 e na Rio 2016.

James perdeu a Rio 2016 por cansaço depois de levar os Cleveland Cavaliers ao seu primeiro título na NBA.

Mas com o treinador Gregg Popovich no comando, o Rei James diz que está ansioso para vestir a camisa dos EUA novamente na Tóquio 2020.

Final Basquete Masculino Data e Hora

Quando: Sábado 8 Agosto 11:30 - 13:30

Onde: Saitama Super Arena

Beisebol está de volta

Quando Ichiro Suzuki veio ao Japão, com sua equipe da MLB, o Seattle Mariners, para a abertura da temporada regular de 2019 contra o Oakland Athletics, a reação à presença do Hall of Famer disse tudo sobre a cultura do beisebol no Japão.

"O Sr. Ichiro é como um Deus. Ele é a pessoa mais famosa do Japão"- jogador de beisebol japonês Yu Darvish, dos Chicago Cubs, para a  ESPN

O beisebol foi trazido de volta como um esporte para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 para a alegria dos torcedores japoneses.

Pequim 2008 foi a última vez que o beisebol esteve na programação de uma Olimpíada, e foi um torneio de grandes desafios.

A Coreia do Sul surpreendeu o Japão e Cuba expulsou os Estados Unidos nas semifinais, antes que a Coreia do Sul pudesse causar outra surpresa ao derrotar Cuba por 3 a 2 para conquistar o ouro na final.

Cuba esteve nas cinco finais anteriores, vencendo três delas, e com certeza será novamente a concorrente, enquanto os Estados Unidos quer ganha mais um depois do ouro da Sydney 2000.

O Japão levou o bronze em 1992 e 2004, e a prata em 1996, quando perdeu para Cuba na disputa pela medalha de ouro.

Um primeiro ouro em casa seria um momento inesquecível para os torcedores do beisebol japonês.

Final Beisebol Masculino Data e Hora

Quando: Sábado 8 Agosto 19:00 - 22:00

Onde: Estádio de Beisebol de Yokohama

Natação Artística: Rússia, China, Japão?

O ouro ficou com a Rússia, a prata com a China e o bronze com o Japão no evento de natação artística por equipe na Rio 2016.

Nos duetos, o ouro foi para a Rússia, a prata para a China e o bronze para o Japão.

Conquistar o espaço desses três gigantes será difícil na Tóquio 2020, mas fique de olho nas trigêmeas da equipe dos Estados Unidos além das trigêmeas Alexandri da Áustria.

A Rússia é a favorita e foi impulsionada pelo retorno de Svetlana Romashina, que conquistou a medalha de ouro cinco vezes, quase três anos depois de sua última competição nos Jogos da Rio 2016.

Tóquio 2020 - Dia 16 - Domingo 9 de Agosto: Cerimônia de Encerramento

A Cerimônia de Encerramento irá descer a cortina da XXXII Olimpíada e vai começar às 20h, horário de Tóquio.

Antes disso ainda vai acontecer muita ação.

Mantendo a tradição, a maratona masculina será realizada no último dia dos Jogos.

A maratona começa às 6 da manhã, e os três primeiros colocados recebem as suas medalhas durante a Cerimônia de Encerramento.

Na Rio 2016, o ouro foi para Eliud Kipchoge, que desde então quebrou o recorde mundial da maratona.

Visite diariamente o Olympic Channel, para ver histórias emocionantes, entrevistas exclusivas, notícias de última hora, bastidores e séries originais antes, durante e depois da Tóquio 2020.

Gostou dessa história? Compartilhe com seus amigos!